Quer visitar as casas de grandes artistas que viveram em Paris? Confira as dicas da Parci Parla

Não é à toa que Paris é tão rica em história.  Além de todos os acontecimentos históricos, a cidade, bem como seus arredores, foi lar de grandes artistas, que deixaram marcas importantíssimas para a posteridade.

O melhor é que algumas casas, apartamentos e quartos desses artistas são hoje museus que preservam suas obras, coleções e registros.

A Parci Parla fez uma lista de casas para você visitar com toda a família.

A casa de Victor Hugo

Infelizmente, a casa do Victor Hugo está fechada temporariamente até março de 2020. Mas para quem estiver em Paris após a reabertura, aqui vão alguns motivos para visitar esse museu imperdível:

Mais de 116 anos de história:

O local existe desde 1903, um ano após o romancista e dramaturgo Paul Meurice propor a abertura do museu no hotel de Rohan Guéménée, onde Victor Hugo havia vivido. A ideia era se inspirar na casa de Dante, de Shakespeare e de Goethe.

Paul Meurice conseguiu reunir cartas, documentos e grandes coleções e obras de Victor Hugo, além de reconstituir o quarto do escritor.

Para além da escrita

Sabia que além de escritor Victor Hugo foi um dos maiores desenhistas de sua época? Desenhos fantásticos, paisagens marinhas e cenas histórias são parte da coleção que vai encantar crianças e adultos durante a visita. Vocês também vão ver que Victor Hugo era amante da fotografia, arte super recente na época.

Até a decoração tem um toque artístico

Victor Hugo levava a decoração de sua casa muito a sério e a considerava a “educação do espírito pelo lar”. Carregadas de símbolos e referências ao seu trabalho e filosofia, as decorações são a expressão de sua criatividade, poesia e humor.

O autor gostava de combinar elementos chineses, góticos, tapeçarias e tapetes turcos, porcelanas japonesas… uma verdadeira viagem pela história. As crianças também vão ficar encantadas!

Description: Resultado de imagem para maison victor hugo

Para crianças

Sabia que Victor Hugo escreveu alguns poemas sobre o universo infantil? A Editora Gaivota inclusive reuniu alguns desses poemas no livro Cantos Para os Meus Netos. Que tal adentrar no universo de Victor Hugo com as crianças antes da visita?

Endereço:
6, place de Vosges 75004, Paris

Para mais informações: http://www.maisonsvictorhugo.paris.fr/fr/informations-pratiques

Casa de Balzac

O famoso escritor da Comédia Humana morou entre 1840 e 1847 em uma casa no distrito 16, bem pertinho da Torre Eiffel.

O terreno onde foi construída a casa é tão antigo que sua ocupação é datada da Idade Média!

Retratos do artista e de seus personagens, pinturas, gravuras e desenhos se espalham por uma cenografia original, que leva o visitante a conhecer os caminhos do artista, sobretudo na escrita e revisão da Comédia Humana.

Para as crianças

O museu sempre oferece ateliês variados para famílias e crianças: de escrita, de desenho, de teatro… geralmente são ministrados em francês, mas dependendo do ateliê, o idioma não será uma barreira para as crianças.

Endereço:
47, rue Raynouard 75016

Aberto de terça a domingo, das 10h00 às 18h00.

Bilheteria on-line:
www.billetterie-parismusees.paris.fr/content

Casa do Doutor Gachet

Quem gosta das obras de Van Gogh deve se lembrar do famoso Retrato do Dr. Gachet.

Description: Resultado de imagem para Retrato de Dr. Gachet

Gachet foi um médico francês que tratou Van Gogh durante suas últimas semanas de vida.
Além de médico, era pintor amador e foi um grande amigo de artistas como Paul Cézanne, Camille Pissarro e Armand Guillaumin.

Sua antiga casa fica em Auvers-sur-oise, uma vila a 30 quilómetros de Paris conhecida como “a vila dos artistas”, por ter sido destino de diversos artistas.

O jardim da casa foi inclusive cenário de pinturas, como “Mademoiselle Gachet dans son jardin”, também de Van Gogh.

O museu tem entrada gratuita, mas funciona entre março e outubro, de quarta a domingo, das 10h30 às 18h30.

Endereço: 78, rue du Docteur-Gachet – Auvers-sur-Oise

Para as crianças:
Que tal contar para as crianças um pouquinho sobre a história do Van Gogh antes de visitar a casa? Mostre a pintura que o artista fez do médico e do jardim e, durante a visita, imaginem juntos quais cenários foram inspiração para cada pintura.  

Quarto de Van Gogh

Se vocês forem à Casa do Doutor Gacher, não podem deixar de visitar o albergue “Ravoux”, onde Van Gogh alugou um quarto de 7 metros quadrados em 1890 e viveu seus últimos dias.

Description: Resultado de imagem para la chambre de van gogh

O albergue mantém seus móveis e decorações originais, incluindo a mesa preferida de Van Gogh! Aproveite para saborear um pouquinho da típica gastronomia francesa no restaurante do local.

Uma visita cheia de história experiências para toda a família.

Para as crianças

Procurar um pouco das obras que foram feitas nos últimos meses de vida de Van Gogh, algumas inspiradas no próprio albergue e na vila de Auvers-sur-Oise, e mostrar para as crianças pode aguçar a curiosidade e imaginação delas durante a visita. A obra ‘’Adeline Ravoux’’, por exemplo, foi feita em 1890 e retrata a filha de 13 anos de um mercador de vinho que frequentava o albergue. Onde será que ela estava sentada? Tentem descobrir juntos!

Infelizmente, o local estará fechado até o dia 3 de março. Mas para os sortudos que estiverem por Paris nessa época, já anota na agenda que vale a visita!

Endereço: 52-56, Rue du Géneral de Gaulle, Auvers-sur-Oise

Museu Rodin

O famoso escultor viveu em um magnífico hotel do século XVIII durante os últimos anos de sua vida e foi justamente esse hotel que deu lugar ao Museu Rodin.

Graças a doações feitas pelo próprio escultor, em 1971 era inaugurado o museu, com coleções compostas por 6.500 esculturas em materiais como mármore, bronze e terracota além de desenhos, estampas, aquarelas e gravuras. O museu ainda conta com pinturas, fotografas, esculturas e objetos antigos que Rodin colecionava.

O jardim ao redor do hotel é outro espetáculo: são mais de 3 hectares onde esculturas do artista se misturam à natureza!

Description: Resultado de imagem para museu rodin

Para as crianças

Sabia que Rodin começou a desenhar aos dez anos? Entre os 14 e 17 estudou em uma escola especializada em arte e matemática e há quem diga que, quando pequeno, ele brincava de fazer esculturas com a massa que sua mãe usava para fazer pão. Que tal contar essas histórias para os pequenos?

Aproveite para perguntar o que eles acham das esculturas. Por exemplo: o que será que “O pensador” estava pensando?

Endereço: 79, Rue de Varenne.

Por razões de segurança, o jardim do museu fecha antes de escurecer. Durante o inverno, tente visitar o local antes das 17h00.

Reserve os ingressos no site: musee-rodin.tickeasy.com/fr-FR

Museu Nacional do Eugène Delacroix

A última casa onde viveu o artista do período romancista Eugène Delacroix fica no bairro de Saint-Germain-des-Prés.

Além de obras emblemáticas e outras não tão conhecidas, vocês podem conhecer o apartamento, o ateliê e jardim onde o pintor viveu entre 1857 e 1863, ano de sua morte.

Confira os horários e tarifas no site.

Para as crianças:

Muitas das pinturas de Delacroix dão asas à imaginação. Temas exóticos, religiosos, cotidianos, históricos, tigres e outros animais são marcados por grade expressão, muitas cores e movimento. Pergunte o que elas acham dos quadros: o que cada cena representa? Qual obras elas mais gostam?

Endereço: 6, rue de Fürstenberg, 75006 Paris
Aberto todos os dias, com exceção de terças, das 9h30 às 17h30.

Visitas noturnas toda primeira quinta-feira do mês, até às 21h00.

Em razão do movimento nacional da greve dos transportes, os horários do museu podem ser modificados. Ligar para + 33 0144418650 para mais informações.

Bilhete de entrada: 7 euros

Mais informações: www.musee-delacroix.fr/fr

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.