Para além de Versalhes: conheça três cidades históricas pertinho de Paris

Quem nunca ouviu a frase “está indo pra Paris? Então você não pode deixar de visitar Versalhes!”?

O motivo é compreensivo, afinal, o palácio de Versalhes é realmente imperdível devido a sua beleza e história.

Mas sabia que além de Versalhes você também pode conhecer outras cidades e castelos muito bonitos e históricos que ficam próximos a Paris?

Confira três cidades que, assim como Versalhes, você e toda a família não podem deixar de ir.  

Provins

Provins é uma comuna que fica a aproximadamente 1 hora e 40 minutos de distância do centro de Paris e você pode chegar tranquilamente de carro ou transporte público (metrô e transilien).

Patrimônio da UNESCO, é uma cidade medieval e única testemunha das Feiras Champanhe dos séculos XII e XIII.

As feiras de Champanhe aconteciam anualmente, em diferentes cidades da região de Champanhe nos séculos 12 e 13. Cada feira durava entre duas e três semanas, oferecendo produtos têxteis, couros, peles e especiarias.

Por conta das feiras, Provins foi arquitetada para receber inúmeros mercadores, com ruas largas para a passagem de comboios, casas comerciais de três andares, salas subterrâneas e muralhas. A cidade possui 58 monumentos reconhecidos como históricos! Confira algumas visitas que você não pode perder em Provins:

A torre de César

A torre do século XII foi utilizada para vigia, mas também como local de refúgio e prisão.  Atualmente, abriga os sinos da igreja de Saint-Quiriace. Vale a pena subir para contemplar a maravilhosa vista de Provins.

Acesso : Rue de la Pie.

La Grange aux dîmes de Provins

A tradução seria “celeiro do dízimo de Provins”. A casa de pedra típica da arquitetura de Provins dos séculos 12 e 13 proporciona uma representação divertida e cheia de informações sobre os comerciantes medievais que vai agradas crianças e adultos!

Vocês vão encontrar o comerciante italiano, o vendedor de roupas, de lã, o pedreiro, o fabricante de pergaminhos e outros mercadores da Idade Média. Tudo isso acompanhado por áudio guia para quem quiser!

Acesso : 3, Rue Saint-Jean

Os subterrâneos de Provins

Sem dúvida, o lugar mais misterioso de Provins.
Não se sabe tudo sobre as passagens subterrâneas de Provins, mas acredita-se que elas eram usadas como armazém e para prensagem de lençóis e limpeza de lã.  

Registros escritos nas paredes também atestam reuniões de maçons no local.

As passagens subterrâneas são muito vastas, mas apenas uma parte delas é aberta à visitação. Para não se perder, é importante seguir o guia, que parte com grupos de no máximo 25 pessoas.  

Reservas:
Nessa visita em especial, o próprio site de Provins aconselha a reserva de dia e horário desejado pelo 01 64 60 26 26, ou após chegada na cidade, no Guichê de Turismo e nos próprios monumentos (com exceção do museu).

Acesso: 3, rue Saint- Thibault

Museu de Provins

Instalado em um dos mais antigos edifícios civis de Provins, também conhecido como “Maison Romane”, o museu abriga coleções arqueológicas que vão da pré-história até o XIX século, passando pela Renascença.

Acesso: 7 Rue du Palais

Passes – Provins e Família

Você pode comprar passes individuais ou um passe para toda a família (2 adultos e até 5 crianças). Os ingressos podem ser adquiridos no local (no Guichê do Turismo), nos monumentos de Provins (com exceção do Museu de Provins), na Gare SNCF ou on-line.

Dica: os ingressos comprados no site saem um pouco mais baratos!

As tarifas para ingressos comprados em Provins ficam: 12 euros para o Passe Provins para adultos, 8,50 euros para as crianças e 35,50 euros para o Passe Família.

Confira aqui os valores da bilheteria on-line.  https://www.provins.net/decouvrir-visiter/sites-et-monuments-historiques/cite-medievale-de-provins/

Horários:

Não se esqueça de verificar os horários de funcionamento de cada atração e das visitas aos subterrâneos no site: https://bit.ly/39XcZeU

Outras atividades em Provins para as crianças

A cidade oferece inúmeras atrações ao longo do ano, muitas vezes convidando todos a uma viagem no tempo, até a Idade Média. Espetáculos com cavalos, apresentações com falcões (sempre com muito respeito aos animais) e passeios por fazendas são parte das atividades oferecidas para crianças. Confira todas as atrações aqui. https://www.provins.net/decouvrir-visiter/activites-enfants/

Calendário de 2020

A cidade também oferece maravilhosas festas medievais (principalmente nos dias 13 e 14 de junho), feiras e outras atrações em datas específicas que você pode conferir no site. Já anota na agenda 😉

As atrações são muito bonitas e inesquecíveis para crianças e adultos!

Link para  colocar em “no site”: https://www.provins.net/wp-content/uploads/2019/12/provins-calendrier-2020.pdf

Fontainebleau

Saindo do centro de Paris de transporte público, você chega em aproximadamente uma hora e vinte em Fontainebleau. De carro, o tempo vai para uma hora e quarenta. Independentemente da opção que você escolher, a viagem vale a pena!

Em meados do século XII, o rei Luís VII construiu na cidade uma capela e um pavilhão de caça e, um século mais tarde, Luís IX também adotou Fontainebleau como o seu “refúgio”, onde construiu uma casa de campo e um hospital.

Desde então, cerca de trinta e quatro sobrenomes da monarquia passaram por lá e logo a casa de campo deu lugar a um grande palácio – o Palácio de Fontainebleau – que sofreu sucessivas reformas do século XVI ao XVIII.

O palácio foi, inclusive, a residência imperial favorita de Napoleão Bonaparte e cenário de acontecimentos históricos: foi nas escadas de Fontainebleau que Napoleão se despediu de seus soldados após assinar sua abdicação.

Você pode começar a sua visita no palácio pelos grandes apartamentos (Les Grands Appartements). Eles incluem o apartamento do Papa Pio VII (que morou no palácio durante o império de Napoleão), os quartos dos soberanos que por lá estiveram e os aposentos do próprio Napoleão.

O ideal é reservar umas duas horas para visitar todos os “Grand Apartments”, passar pela Galeria François I e a Sala do Trono do Napoleão I.  E para ir ainda mais a fundo na história e registros do Napoleão, aproveite para conhecer o Museu do Napoleão, que abriga uma coleção de móveis, objetos de arte e retratos que pertenciam ao imperador.

Você pode ainda visitar o Museu Chinês e o Salão da Imperatriz Eugénie, destinados às festas da Corte. Seguindo os costumes da época, a imperatriz colecionava objetos de arte do Extremo-Oriente, em particular da China e do Siam (atual Tailândia).

Os jardins do castelo também são parada obrigatória: o acesso é gratuito para três jardins (dois construídos “à moda francesa” e um à moda inglesa).

Chantilly

O castelo de Chantilly está a apenas 25 minutos de Paris e é considerado um dos mais bonitos da França!

Mas não para por aí: o palácio é um museu com um acervo riquíssimo. Isso porque o duque Henri Eugénio Philippe Louis (1822-1897), herdeiro das propriedades do castelo, foi um dos primeiros bibliófilos e colecionadores de arte antiga do seu tempo e doou todo o seu acervo a Chantilly.

Além das coleções do duque, o castelo preserva obras e documentos colecionados durante séculos pelos nobres de Chantilly, membros das famílias Montmotency e Bourbon-Condé. O castelo também é considerado o segundo museu francês de pinturas antigas após o Louvre, reunindo quadros de Raphaël, Delacroix, entre outros grandes nomes da história da arte!

A Galeria de Pintura de Chantilly reúne mais de 85 obras dispostas de acordo com os gostos do Duque Henri.

Chantilly é conhecido também por um parque de 115 hectares com jardins franceses do século XVII, anglo-chineses do século XVIII e ingleses do século XIX. Mais de três séculos de história em jardins magníficos de tirar o fôlego!

Restaurantes

No final da visita, que tal comer com as crianças uma sobremesa preparada com chantilly?

 Acredita-se que o creme chantilly foi inventado por François Vatel, chef de cozinha do Castelo de Chantilly. Por isso, o castelo tem dois restaurantes: um em seu interior, no local das antigas cozinhas, e o outro no parque do castelo. Ambos têm sobremesas com chantilly no menu.

Confira mais informações sobre os restaurantes:

La Capitainerie

Propões um menu simples, rico em produtos frescos, além do tradicional creme chantilly caseiro.

O restaurante também conta com salão de chá e menu para crianças de até 12 anos.

Reservas

03 44 57 15 89 (individuais)

 03 44 27 31 80 (grupos)      
restaurant@domainedechantilly.com

Aux Goûters Champêtres ou Le Hameau

Na calmaria do parque do castelo, o restaurante oferece produtos tradicionais da Picardia e deliciosas sobremesas com chantilly.

Conta com cadeiras para bebês e jogos para as crianças e fica aberto todos os dias da semana, das 12h00 às 18h00, mas fecha entre novembro e março.

Para mais informações: https://bit.ly/2T7zecj

Ingressos para o castelo

Confira todas as opções de ingressos (incluindo entrada para toda a família) no site. https://billetterie.domainedechantilly.com/en-US/home

Importante: o castelo fica fechado entre os dias 6 e 24 de janeiro!

Gostou? O Parci Parla espera que as visitas sejam inesquecíveis para toda a família e que vocês voltem dos palácios e cidades com muita história para contar!  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.